segunda-feira, 14 de junho de 2010


INSONIA :



o tempo passa,
o carrasco na parede te faz sentir pressionado,
cada instante acordado,
é mais um minuto de culpa.


você não para de esquecer seus problemas ,
mais do que o ar deprimente de uma noite de outono,
você está exausto... por que não tenta dormir ?
sem nada pra fazer, sem nada o que pensar,
a frieza da noite esconde o luar,
e você envolto de seus monstros do dia...
se esconde no escuro e começa a chorar.


o tempo passa ,
não está cansado ? nem um pouco ?
a sua magoa de ontem, sua fortaleza de agora,
o tempo correu sobre seus olhos encharcados de tristeza,
você nem percebeu...
a alegria da noite,
é poder ver uma boa parte das pessoas como elas são por dentro,
você não vê,
seus olhos estão enchardados de decepção .
não ver o obvio ,
e a decepçao eminente,
do podre que se encontra no fundo do coração dos tolos,
assim que você os vê.
a esperança cega que nos faz andar,
de achar que numa noite insana dessas ...
você vai encontrar algo que valia a pena...


está cansado da noite ,
está cansado de levar ponta-pe do mundo ,
está cansado...
durma para não pensar...
porque está cansado .









Nenhum comentário:

Postar um comentário