quarta-feira, 6 de abril de 2011

Visitante maligno


caçava o sono numa noite de trovoadas,
à negrejada acomodação
disposta a minha habitada
e sinistra hospedagem.

a chuva o céu comia,
e a terra como um dilúvio enchia,
estava eu só, em meus delírios,
abraçava-me a febre, a não soltar.


libertara-me da zelada sanidade,
ao negrume daquele cômodo,
e incômodo,
era um tal vulto intruso à escuridão.

eis que o perguntei o que alí fazia,
porém, em direção à cama prosseguia

onde incauto, deitado estava,
pois sequer este fato contestei...

ante a face revelada assombrosa,
pois inerte, eu nada lhe dizia,
um fantasmagórico gênio agouros e pragas berrando,
minha insana e trastornada alma entorpecia;

mirava-o, como um defunto aguarda sua fúnebre sinfonia,
sob a penumbra, suas formas refulgiam,
transformavam,
um instante de torpor, em visceral agonia,

ardiloso, disfarçava;
sua aparência co'o que eu lembrava,
ser uma doce bela cortejada

ninfa sob o riacho, às águas contemplando;

a margem... era uma remanescente treva,
uma trevosa sombra hostil que refletia
essa sedutora estranha forma,
lasciva, laçando-me-ia...

tocada fora a pele minha,
perpetrando o inconsciênte desatino
criando um nefasto delirado desnorteio,

cujo rumo destrutivo é sem destino.

porém a luz se dissipara,
era ela tão bela!
que num instante, uma olhadela,
abomináveis serpentes me cuspia;

suas garras meus braços sangravam,
desvelando seu rosto, irretratável deformado,
despudoradas ímpias pestes dançavam entre nós,
e perante sua diabólica chama via-me amarrado;


ria aquele ser, sob a tal dor inexplicável,
assolando-me em frênesi trevosa,
consumido pelas labaredas
que adornavam essa noite estranha, obscura, chuvosa;

resguardado em cobertas, me vira em maleficios debater-me,
estridente fez-se o demoníaco grito por ele dado,
dera um passo afastado,

e à janela saltara ao imenso e profundo breu.





Um comentário:

  1. Olá!! Publicamos juntos e conversando com a Cris me dei conta que você é de Paraty e nem nos conhecemos =D Adicionei vc no meu novo blog http://realidadesparaty.blogspot.com/
    E parabéns por seu trabalho!!

    ResponderExcluir