quarta-feira, 22 de junho de 2011

Vossos planos estraguei




vossos planos, eu cínico estraguei,
quando a visão de minha vitória outorguei
às tuas vistas, coléricamente me olhando,
como se uma atroz ação, tivera eu perpetrando,

jamais esquecer-me-ei de vossos semblantes,
não tão fechados antes
como agora...
sou o carrasco levando-os acorrentados embora;

ratazanas verminosas, dum esgoto de morbidez,
aspirando alegrias ao negrume de minha sina,
ao choque de realidade, perdendo a vez
de se aproveitarem, à inesperada cena que se descortina...


Nenhum comentário:

Postar um comentário