segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Turvos fios de espaguete




aquecidos fartos fios,
à pureza se encharcam intrincados,
longos, logo ao rubro lago aconchegados,
em si envolvem esguios,
fluentes rios
de espargidos gostos mesclados,

o odor, ardor tépido conjura...
rúbricos ínfimos grãos apercebem
os que, em seus paladares perdura
a placidez, dos apimentados atilhos
quais, embebem,
num instante, à lascívia, aos olhos...

clama, o claro queijo,
a acima neviscar... num estalo de beijo,
soa tal novelo a mudar
de lugar...
em linhos laçados formosos,
tecida alfombra de viéis cremosos,

confortante ensejo gera,
tentação atiça, co' a visão qual tivera,
ao jubiloso extase, prazer quase insuportável,
eis o defrontar do instinto, evidente, espontâneo insuperável,
verossímil ânsia inquieta, por cessar,
tornar, ao impetuoso impulso, de cuja face lambusar...



Um comentário: